Notícias

29/01/2018

Índice de Expansão do Comércio começa o ano com alta de 0,8%

Salvo surpresas ou mudanças de rumo da política econômica, o investimento deve retornar com mais força e fazer parte cada vez mais dos planos dos empresários em 2018


Em janeiro, o Índice de Expansão do Comércio (IEC) - pesquisa realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) - registrou crescimento de 0,8% em relação a dezembro, ao passar de 98,9 para 99,7 pontos. Após cinco altas seguidas contra o mês imediatamente anterior, o IEC caiu 0,5% (na margem de erro) em dezembro, mas voltou a subir em janeiro. Houve, aparentemente, um ajuste após muitas altas seguidas, mas isso não parece ter sido uma virada ou mudança de humor.

 

De acordo com a FecomercioSP, as boas perspectivas parecem permanecer como o foco dos empresários do varejo e de outros setores econômicos, que se recuperam com mais vigor, a exemplo da indústria automobilística.

 

Em 2017, o indicador de Expansão cresceu em média 22% em relação a 2016 e 17,1% na comparação com janeiro do ano anterior, quando o índice registrava 85,1 pontos.


A Propensão a Contratar teve aumento de 11,9% em relação ao mesmo mês do ano passado, ao passar de 104,8 para os atuais 117,3 pontos. No entanto, no comparativo mensal, teve leve queda de 0,3%.

 

O Nível de Investimento das Empresas (que sinaliza se o empresário está ou não disposto a investir em novas instalações ou equipamentos) registrou 82,1 pontos, 25,6% acima do que era verificado em janeiro do ano passado e 2,4% maior que o mês de dezembro de 2017, quando os resultados eram de 65,4 e 80,2 pontos, respectivamente. Apesar de ainda estar abaixo dos 100 pontos, o resultado do mês é o melhor desde fevereiro de 2015. Segundo a assessoria econômica da FecomercioSP, se a economia de fato decolar neste ano, a tendência é de que esse indicador ainda cresça significativamente, subindo mais 10 pontos porcentuais (p.p.), ou 20 p.p. em relação ao atual patamar.

 

A Federação já projetava em boletins passados e agora já se vê que os investimentos devem ganhar força em 2018. Esse movimento deve ser a tônica que pode mudar de forma mais definitiva os rumos da economia ao fim deste ano, se não houver grandes surpresas ou mudanças de rumo da política econômica e suas perspectivas em virtude das eleições.

 

Nota metodológica

O Índice de Expansão do Comércio da região metropolitana de São Paulo é apurado mensalmente pela FecomercioSP desde junho de 2011, com dados de cerca de 600 empresários. O indicador vai de zero a 200 pontos, representando, respectivamente, desinteresse e interesse absolutos em expansão de seus negócios. A análise dos dados identifica a perspectiva dos empresários do comércio em relação a contratações, compra de máquinas ou equipamentos e abertura de novas lojas.

 

Sobre a FecomercioSP

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Congrega 143 sindicatos patronais e administra, no Estado, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A Entidade representa um segmento da economia que mobiliza mais de 1,8 milhão de atividades empresariais de todos os portes. Esse universo responde por cerca de 30% do PIB paulista - e quase 10% do PIB brasileiro -, gerando em torno de 10 milhões de empregos.

 


Assine nossa Newsletter

Enviando formulário…

O servidor encontrou um erro.

Formulário recebido.

Veja mais

Rua Prudente de Moraes, 584 - Centro - Jundiaí, SP

Fone: (11) 4583-1410

2015 SINCOMERCIO JUNDIAÍ -  Desenvolvimento e  Design: